Centro de conhecimento
Guias e relatórios

Ganhos marginais #1: Aceitando pagamentos

Aumentar a taxa de autorização = mais compradores felizes. No primeiro texto da série de ganhos marginais, exploramos formas de otimizar as suas configurações de pagamentos a aumentar as taxas de autorização.

10 novembro, 2020
 ·  9 minutos
Usando pagamentos para chegar mais rápido

As pequenas melhorias podem levar você longe. Não importa qual é o seu objetivo: ganhar uma competição de quem come mais pão de queijo, aumentar sua produtividade no trabalho ou mesmo levar uma vida mais saudável e equilibrada. Melhorias pequenas, incrementais e contínuas podem contribuir muito para atingir um objetivo. Mesmo que ele seja ambiciosa como, digamos, ganhar uma medalha em uma edição do Jogos Olímpicos.

Dave Brailsford é ex-diretor de performance da equipe britânica de ciclismo, e deve ser um dosmaiores defensores da ideia dos ganhos marginais. A sua filosofia é que, ao fazer melhoras de 1% em um número variados de áreas, os ganhos acumulados acabariam por ser bem maiores e relevantes. E, surpresa, isso vale também em relação a pequenos ajustes e melhoras feita em relação a pagamentos.

Nos próximos meses, vamos falar de algumas maneiras como você pode espremer até as últimas gotas de coisas boas de seu setup de pagamentos, em busca de aumento nas suas taxas de autorização. Para os novatos em pagamentos, quando falamos em taxas de autorização, nos referimos à porcentagem de transações bem-sucedidas feitas.

Neste primeiro texto da série de ganhos marginais, vamos explorar o que você pode fazer para manter suas taxas de autorização altas, assim como conseguir aceitar a maior porcentagem de pagamentos possível.

Obtendo ganhos ao otimizar pagamentos

Nós sabemos que esse é um termo da moda. Nós também sabemos que falar sobre otimização de pagamentos começa a perder seu significado quando se fala disso mais de sete vezes por dia. Mesmo assim, otimizar pagamentos pode ter um número grande de possíveis significados. Pode, por exemplo, significar oferecer osmétodos de pagamentocertos para o mercado onde você está, pode significar autenticar compradores de forma inteligente ou ainda implementar todos os requerimentos regulatórios.

Expertise e boa base de tecnologia são igualmente importantes nessa conversa.

Otimização com métodos de pagamentos

Geografia, demografia e contexto. Estes são os três ingredientes mais importantes para ter em mente na hora de decidir pela melhor mistura de métodos de pagamentos a serem oferecidos. Mas por quê?

Geografia

Ser aceito em qualquer lugar nem sempre significa ser amado em qualquer lugar. De acordo com dados da nossa plataforma, geralmente o método de pagamentos mais popular também é aquele que mais se encaixa na realidade e hábitos locais.

Um exemplo é a popularidade da M-Pesa no leste africano. Em uma região onde92 milhões de pessoas (ou 17% da população) não têm uma conta em banco, mas 75% dessas pessoas têm um telefone celular, a M-Pesa faz sucesso como uma operadora de celular que permite aos usuários realizar pagamentos, transferir dinheiro e fazer compras com micropagamentos. É tão popular que a África subsaariana é responsável por 49% de todas as contas mobile globalmente.

Já no país natal da Adyen, a Holanda, a iDeal é um método local que dominou os pagamentos em ecommerce. Em geral muito responsáveis financeiramente, os holandeses evitam usar cartões de crédito quando possível. Não surpreende que uma solução segura de transferência bancária seja a principal escolha por lá. Em um país com ecommerce extremamente lucrativo, avaliado em €26 bilhões, 60% dos habitantes usam esse método de pagamento.

Aqui no Brasil também temos peculiaridades, como o Boleto Bancário. Um pouco das origens e dos motivos por que eles são utilizados no país têm similaridades ao caso do M-Pesa. Com a possibilidade de pagamentos em casas lotéricas ou por meio de caixas eletrônicos, o Boleto Bancário é uma solução prática para brasileiros sem acesso ao sistema bancário, sem cartões de crédito ou outras opções para pagamentos.

Mapa dos métodos de pagamento preferidos pelo mundo

A imagem acima mostra como os métodos de pagamentos variam entre países e continentes, de acordo com dados de pagamentos da Adyen. A popularidade desses métodos depende de inúmeros fatores. No Quênia uma explicação é a falta de acesso à estrutura bancária, na Holanda, por sua vez, uma aversão local ao uso do cartão de crédito. Em outras regiões, o acesso à internet ou mesmo a pirâmide etária da população são fatores que precisam ser considerados na hora de pensar a oferta de métodos de pagamentos.

Demografia

Em um artigo escrito em 2019 para a Adyen, Sheryl Kingstone, Vicepresidente da 451 Research, falou sobre a necessidade de que marcas da indústria da moda se atentassem aos millennials para capitalizar sobre o alcance da comunicação em redes sociais. Ela argumenta que a primeira impressão que consumidores millennials têm de uma marca geralmente vem por meio das suas contas em mídias sociais. Por isso, marcas de moda deveriam investir em anúncios “compráveis”. Isso permite que marcas aceitem instantaneamente pagamentos e convertam alguém que está somente navegando nas redes sociais em um comprador.

Dica importante para quem quer vender bem para esta faixa etária: habilite a opção de pagamentos por ewallets ou carteiras virtuais. Isso porque jovens entre 16 e 34 anos são obcecados por experiências em dispositivos móveis. Uma boa providência, então, é permitir que estes consumidores paguem com cartões de crédito tokenizados, com as informações armazenadas de forma segura e conveniente em suas carteiras nos dispositivos móveis. Exemplos disso são Google Pay™, Apple Pay e Amazon Pay. Essas soluções são integradas a lojas de apps, navegadores ou ecommerce, o que permite aos compradores pagar no ecommerce, em mídias sociais ou nas lojas físicas.

Se você ainda não estiver convencido da importância disso, veja por essa perspectiva: um estudo mostra que1,31 bilhão de pessoas estarão usando pagamentos mobile até 2023. Nada mal.

Contexto

Mas pagamentos, de forma geral, são feitos em situações muito diferentes. Por isso é importante estar atento ao contexto. A aquisição de um carro é um exemplo bom. É uma compra de alto valor, então o comprador vai ter necessidades muito específicas para este momento. São baixas as chances de acontecer um pagamento por meio de um aplicativo ou por cartão de débito. Já as assinaturas são um contexto completamente diferente, com um valor agregado geralmente baixo. Neste caso funcionam bem pagamentos que são configurados apenas uma vez, por meio de débito ou cartão de crédito com informações já armazenadas, com otimização por token.

Dica da Adyen:Nossa plataforma unificada deixa fácil você tentar novas formas de pagamento (geralmente sem a necessidade de contratos adicionais). Por meio da nossa plataforma de merchants, temos insights de performance para todas as indústrias, tipos de negócios e países para ajudar a chegar na melhor oferta de métodos de pagamentos. Nossa filosofia é baseada em qualidade e performance, em vez de quantidade, e encorajamos a experimentação com os diferentes métodos de pagamentos de acordo com suas necessidades.

Mantenha seus clientes felizes e em segurança

Os ganhos obtidos por manter seus clientes felizes e em segurança é mais do que marginal. Ao combater fraudes no estágio de autenticação, você pode evitar problemas que levariam a perda de confiança ou gastos com disputas de estorno. Ao mesmo tempo, pode manter as taxas de autorização altas para clientes autenticados e genuínos.

Dica da Adyen:RevenueProtect permite que você adicione uma regra de risco. Você pode customizar um alerta para transações de alto risco por localidade, indústrias ou mesmo por tipos específicos de transações vistas como potenciais fraudes para o seu negócio.

Otimizando a aplicação de autenticação

Autenticação pode ser um negócio complexo. Trabalhar com diversos bancos emissores em diferentes regiões requer planos diversos. E você nem sempre tem o tempo ou os recursos para ficar acompanhando todas as mudanças em tempo real mundo afora. Nós criamos a Authentication Engine para oferecer um método único para para decomplicar a complexidade trazida por diferentes emissores em caminhos precisos para autenticação, resultando em taxas de aprovações mais altas.

Alguns aspectos são importantes na hora de entender como aplicações de autenticação podem ser otimizadas.

O processo de autenticação

Funil de autenticação

Existem dois checkpoints para um pagamento: autenticação e autorização. É no ponto de encontro dessas duas etapas que o 3DS2 entra em jogo.

Checkpoint 1:Autenticação e o vendedor. O provedor de sua solução3DS2sabe o que funciona melhor para o seu negócio e para seus compradores. Isso pode ser baseado em local, método de pagamento, dispositivo, entre outros.

Checkpoint 2:Autorização e a adquirente. Quando o assunto são emissores de cartão, a adquirente sabe quais versões de 3DS2 funcionam melhor para atingir taxas de autorização mais altas. O vendedor e a adquirente são entidades distintas, o que pode causar um desencontro, levando a maiores chances de rejeição do pagamento.

Cada pagamento é único, então uma visão geral da transação pode ser muito importante na jornada por taxas de autorização mais altas. Esta é a base da nossa solução de ponta a ponta.

Dicas da Adyen

Aplique exceções ao processo de pagamento.Isso reduz os riscos de que um pagamento seja rejeitado por um emissor, fazendo com que o vendedor tenha de processar o pagamento duas vezes. Processar o pagamento duas vezes pode ser caro; significa fazer duas transações, com o dobro de custos, além de possíveis inconvenientes para o cliente.

Tenha certeza de que você está em dia com os requisitos de regulação.Procure por opções que usem machine learning (aprendizado de máquina, em português) para avaliar e otimizar grandes conjuntos de dados em tempo real. Isso significa que você não vai enfrentar problemas por que um emissor fez mudanças em seu sistema.

Aceite, proteja, processe e recupere

Agora nós passamos por algumas formas de turbinar sua taxa de aceitação de pagamentos. Fique atento aqui ao nosso blog ao longo dos próximos meses. Ainda vamos falar sobre formas de proteger os compradores, processamento de pagamentos e recuperação de pagamentos negados.




Inscreva-se para receber nossa newsletter

Mande sua solicitação

Eu confirmo ter lido a Política de Privacidade da Adyen e concordo que meus dados sejam utilizados como descreve o documento.