Centro de conhecimento
Guias e relatórios

Adyen divulga receita de US$ 727 milhões em 2016, crescendo 99% no ano

Companhia global de pagamentos apresentou rendimento de US$ 1,4 milhão por funcionário

13 abril, 2017
 ·  2 minutos
Adyen divulga receita de US$ 727 milhões em 2016, crescendo 99% no ano

Além de ser o ano de lançamento de suaadquirênciano Brasil, 2016 foi muito importante para a Adyen, que anuncia hoje o faturamento global de US$ 727 milhões no período entre janeiro e dezembro daquele ano, o que representa um aumento de 99% em relação aos US$ 365 milhões do ano anterior. Isso significa que cada um dos 500 funcionários da Adyen rendeu US$ 1,4 milhão à companhia no último ano. A notícia veio em seguida aoanúncio de US$ 90 bi em transações processadas no mesmo período.

"Muitas das maiores empresas do mundo já confiam na Adyen para processar suas transações e o crescimento que vimos é um sinal de que os negócios globais estão demandando plataformas melhores de pagamentos", afirma o cofundador e CEO da Adyen, Pieter van der Does. "Em nossa adquirência, cobrimos todas as etapas do fluxo de pagamento, do processamento à conciliação, passando  pela gestão de risco, em uma única plataforma. Expandimos as possibilidades de pagamentos e transformamos o modo com que varejistas e consumidores experienciam a jornada de compras", completa.

Desde que lançou sua adquirência no Brasil em outubro de 2016, a Adyen já adicionou grandes clientes em sua plataforma, incluindo Uber, 99 e Amaro. A iFood, recém adicionada à lista, escolheu a Adyen como sua adquirente para melhorar a experiência dos usuários no checkout dos restaurantes parceiros.

"A partir de agora oferecemos a possibilidade do pagamento online aos nossos usuários, com um alto nível de segurança. O foco mobile-first da iFood também colaborou com a escolha da Adyen como nossa parceira”, afirma Márcio Dantas, Gerente de Produto da iFood.

No Brasil, a Adyen tem dobrado de faturamento ano a ano desde que iniciou a operação local, em 2011, posicionando o país entre os principais mercados no mundo para a empresa. Desde então, tem conquistado os maiores e-commerces locais, como Magazine Luiza, Netshoes e Dafiti, além de processar os pagamentos de empresas como Netflix e Saraiva, alcançando 30 milhões de consumidores brasileiros.

"As empresas digitais do futuro ou que estão migrando para modelos digital e mobile-first precisam de parceiros que ofereçam tecnologia de pagamentos avançada, baseada em tratamento inteligente de dados e que não sejam um centro de custo, mas sim um gerador de receitas. Oferecemos tudo isso em uma única plataforma, nos tornando a única empresa de pagamentos no país a oferecer esse tipo de solução ponta a ponta", explica o vice-presidente sênior da Adyen para a América Latina, Jean Christian Mies.

A Adyen agradece a todos os parceiros que confiam em sua tecnologia. 

Assine nossa newsletter




Inscreva-se para receber nossa newsletter

Mande sua solicitação

Eu confirmo ter lido a Política de Privacidade da Adyen e concordo que meus dados sejam utilizados como descreve o documento.