Centro de conhecimento
Guias e relatórios

O que é verdadeiro e o que é falso no mundo dos pagamentos

Neste Dia da Mentira, acabamos com alguns mitos sobre pagamentos no Brasil. Confira!

31 março, 2022
 ·  5 minutos
O que é verdadeiro e o que é falso no mundo dos pagamentos

O dia da mentira, comemorado em 1 de abril,  é aquela data não oficial do ano que todos conhecem e acabam entrando no clima seja “pregando uma peça” em alguém, seja sendo o próprio alvo de um jogo. Marcas lançam produtos de gosto duvidoso para depois revelar que era tudo uma brincadeira e pessoas criam histórias para manter vivo o espírito do dia.

Para aproveitar o momento, elencamos alguns mitos e verdades sobre o mundo dos pagamentos e da adquirência. Veja se você já está craque nesse universo e, de quebra, saiba como melhorar a experiência do seu negócio:

Preciso ter uma plataforma separada para meu ecommerce e meu comércio físico

Veredito: falso

Nos últimos anos, diversos varejistas se viram impelidos a abraçar o ecommerce como uma maneira de sobrevivência. De forma muito rápida, lojistas que nunca pensaram em vender seus produtos em ambientes digitais tiveram que criar lojas virtuais e contratar serviços de processamento de compras.

Mais recentemente, com o retorno das pessoas às lojas físicas, surge uma nova necessidade: a de integrar as vendas do digital com o físico para ter uma visão completa de seu negócio.

É justamente essa a solução trazida pelounified commerce da Adyen, que traz, em uma única plataforma, uma visão geral de estoque, de comportamento dos clientes e de pagamentos - independentemente de onde eles foram feitos. Isso permite melhores insights para o varejista, que pode contar com um sistema automatizado com todas as suas vendas.

O comércio unificado também traz agilidade para inovação em seu negócio, já que o comerciante pode integrar facilmente novos canais de compra, graças as APIs disponíveis da Adyen.

Se eu tiver mais de uma maquininha, não consigo saber em qual aparelho cada compra foi realizada

Veredito: falso

As maquininhas de cartão de crédito chegaram para facilitar a vida não só do varejista, como também a do cliente. Com seus sistemas móveis, a “boca do caixa” se tornou algo distante, já que você pode levar a maquininha diretamente para o cliente, onde ele estiver.

Porém, a mobilidade pode se tornar um problema, já que, sem a centralização de um caixa, o varejista pode perder o controle de quem e onde foram feitos os pagamentos. A solução então seria fazer a contagem manual das notas fiscais emitidas por cada maquininha para saber quem, quando e onde venderam? Existe uma resposta mais simples para isso.

Osterminais móveis da Adyentêm comunicação direta com o sistema da loja pela API de Terminais, sem necessidade de cabos, o que possibilita que toda venda seja atrelada a um pedido específico no lado do comerciante, facilitando a reconciliação sem necessidade de guardar papelzinho. Além disso, os terminais têm integração direta com a área do cliente, com uma página dedicada ao controle das maquininhas. Lá o varejista sabe o status dos terminais, quais vendas foram feitas nele, número de série do aparelho e até mesmo o local e loja onde está sendo usado, mesmo que seja em outro estado ou país.

Os terminais da Adyen acabam com aquele momento, no final do expediente, de contagem das notas fiscais do dia.

A Adyen processa pagamentos em Pix e boletos

Veredito: verdadeiro

Essa foi fácil de responder, não? Para exemplificar na prática, trazemos alguns cases de clientes da Adyen que já começaram a usar o Pix e aumentaram a oferta de formas de pagamento para seus clientes:

- O Pix já é uma das formas de pagamentos mais utilizadas naPrinti.

- AHotmartnão esperou nem três meses do lançamento do Pix para começar a aceitar a modalidade em sua plataforma.

- AVivarafoi outra empresa que começou a aceitar o Pix em seu e-commerce, destacando as vantagens logísticas da ferramenta.

- Quem também já aceita o método de transferência instantâneo é aPrivalia.

Esses são apenas alguns dos clientes que já processam pagamentos via Pix graças à Adyen, que se adaptou rapidamente ao novo sistema e oferece essa possibilidade a todas as empresas que contrataram o serviço de adquirência da empresa.

O processamento de um pagamento demora uma hora

Veredito: falso

Sabe aquela mensagem de “processando o pagamento”, que traz um misto de nervosismo e preocupação? Então, com a Adyen isso raramente acontece. Isso porque a empresa tem uma velocidade média de aprovação de compras próxima a de Usain Bolt nos 100m livres ou de um carro de corrida.

Não é exagero! A velocidade média de processamento da Adyen é de menos de um segundo, incluindo verificações de risco — variando conforme a velocidade do adquirente subjacente e/ou do banco emissor.

Outra vantagem da Adyen é que o nosso sistema foi projetado para operar com grandes volumes, incluindo a verificação de fraude. Ou seja: mesmo que seu negócio receba um volume acima da média de medidas, a velocidade para aprovar as compras permanecerá a mesma.

Quer dar um passo nos negócios?

Conte com a Adyen como a sua parceira para pagamentos. Conheça todas as nossas soluções

Fale conosco



Inscreva-se para receber nossa newsletter

Mande sua solicitação

Eu confirmo ter lido a Política de Privacidade da Adyen e concordo que meus dados sejam utilizados como descreve o documento.