Centro de conhecimento
Guias e relatórios

Como pagamentos podem ser estratégicos na transformação digital

Pagamentos podem ir muito além da infraestrutura para o seu negócio, para ser um trampolim da transformação digital e da melhora da experiência para os consumidores

7 junho, 2021
 ·  5 minutos
Pagamentos podem ser um trampolim da transformação digital e da melhora da experiência para os consumidores

Há anos a transformação digital vem avançando sobre os diferentes setores da economia. No varejo, em especial, o movimento de inovação no comércio digital ganhou ainda mais impulso pelo contexto da pandemia. Fazer compras online deixou de ser uma questão de preferência para se tornar a única alternativa em algumas situações. Consequentemente, as marcas intensificaram seus esforços para tornar a jornada do cliente cada vez mais simples e positiva.

Como uma das partes mais importantes do processo de compras, a etapa de pagamentos vem se tornando cada vez mais um ponto estratégico para um comércio. O surgimento de novos meios como carteiras digitais,PixeQR Code, são vetores que impulsionam o crescimento do mercado de pagamentos. Mas isso é apenas o começo.

Pagamento: ponto-chave da experiência

Após o fechamento de grande parte do comércio físico devido às restrições da Covid-19, as vendas por ecommerce cresceram vertiginosamente no mundo todo. Com isso, muitas pessoas compraram pela primeira vez em uma loja online, criando uma oportunidade para que as lojas convertessem esse consumidor pontual em um cliente fiel.

Para ilustrar as expectativas dos clientes nesse cenário, a Adyen elaborou oRelatório Varejo 2021, pesquisa realizada com dois mil brasileiros que buscou identificar e descrever o comportamento de consumo das pessoas durante o período da pandemia.

A experiência de compra é o fator essencial para grande parte dos consumidores. Ter uma experiência negativa pode ser um motivo para um comprador deixar de comprar de uma determinada marca para 90% dos consumidores brasileiros.

Pode-se dizer que a digitalização já se consolidou no varejo. No entanto, com os impactos da pandemia, as marcas tiveram que investir esforços em otimizar a sua presença digital para se adequarem ao cenário atual. 79% dos consumidores afirmaram que os varejistas conseguiram reagir positivamente oferecendo novas soluções durante a pandemia.

Com os dados do Relatório Varejo 2021, fica evidente que os clientes procuram por marcas que lhes deem autonomia, oferecendo alternativas simples e eficazes em todas as etapas da jornada de compra - principalmente no processo de pagamento.

Dados para embasar decisões

Como próximo passo após a digitalização está a integração completa entre ambientes digitais e físicos. Derrubando qualquer barreira entre o ecommerce e a loja física, o cliente ganha autonomia e quem vende passa a ter uma visão centralizada e unificada de suas vendas e pagamentos. Esse é o objetivo da solução Unified Commerce, da Adyen: oferecer uma plataforma única ao varejista que possibilita uma visão 360° do seu negócio.

Agregar as transações dos diversos canais de vendas dá uma visão 360º do consumidor. Isso permite ao varejista entender o fluxo de compradores e suas intersecções entre loja e e-commerce. Com esses dados valiosos em mãos, fica mais fácil a tomada de decisão quanto à abertura de uma nova unidade e a mensuração do sucesso de novos estabelecimentos, como guide shops e pop-up stores.

Autonomia maior dos clientes

Outro ponto importante do Relatório Varejo 2021 mostra que 86% dos brasileiros declaram que a facilidade de navegação é tão importante quanto a qualidade do produto para fechar uma compra online. E mais, 74% dos entrevistados fariam maiores esforços para irem a lojas que propõem uma experiência de compra mais prática e sem filas.

Os meios de pagamentos multiplicaram-se nos últimos anos. Somando esse fator ao fato de que os consumidores estão buscando cada vez mais entender sobre educação financeira e melhores maneiras de administrar o seu dinheiro, cria-se um cenário em que o cliente decide qual alternativa de pagamento é mais conveniente. E, caso a loja não ofereça esse meio, ele buscará outras marcas que aceitem.

O futuro do mercado de pagamentos

A evolução no mercado de pagamentos é constante e deve sempre acompanhar o progresso tecnológico do varejo. Com soluções desenvolvidas para diversas finalidades, a Adyen é um exemplo prático do crescimento no mercado de pagamentos.

Em 2020, a Adyen registrou € 303,6 bilhões em pagamentos processados. A cifra representa um crescimento de 27% em relação a 2019. Já o lucro líquido saltou para € 684,2 milhões, 28% a mais que o ano anterior. Por último, um aumento de 28% na margem Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) representando € 402,5 milhões.

Consolidando a ascensão no papel das instituições no mercado de pagamento,a Adyen foi classificada como a sexta maior empresa com maior potencial de crescimento do mundo. O ranking foi elaborado pela revista Fortune, em parceria com a consultoria BCG, e listou 50 empresas de capital aberto com maior potencial de crescimento.

Um dos fatores que colocou a Adyen nesse patamar foi a utilização de tecnologias inteligentes para processar transações usando centenas de combinações de métodos de pagamentos e moedas. Assim, é evidente o papel estratégico do processo de pagamento para fornecer experiências positivas para o cliente e possibilitar maiores controle e análise ao varejista em relação às suas vendas em diferentes plataformas.

O futuro já chegou ao varejo. Por isso, a inovação é a base para o desenvolvimento de soluções na Adyen. Com a implementação de ferramentas tecnológicas cada vez mais avançadas e precisas, buscamos criar soluções que se encaixam para qualquer finalidade do varejo.

Quer ficar por dentro das tendências do consumidor brasileiro?

Baixe o Relatório Varejo 2021

Acesse já



Inscreva-se para receber nossa newsletter

Mande sua solicitação

Eu confirmo ter lido a Política de Privacidade da Adyen e concordo que meus dados sejam utilizados como descreve o documento.