Centro de conhecimento
Cultura

Dia Internacional da Mulher: profissionais da Adyen falam sobre suas gerações, perspectivas e o mercado de tecnologia

Neste Dia Internacional da Mulher, profissionais de diferentes áreas da Adyen compartilham o que pensam sobre seu papel na empresa, os desafios de sua geração e a conquista feminina no mercado de tecnologia e de pagamentos

8 março, 2023
 ·  9 minutos
Dia Internacional da Mulher: profissionais da Adyen falam sobre suas gerações, perspectivas e o mercado de tecnologia

Compartilhar

ODia Internacional da Mulheré uma data que lembra a luta feminina pela conquista de direitos, como melhores condições de trabalho e de vida. Em 1917, operárias russas marcharam pela causa no dia 8 de março, data que foi reconhecida oficialmente. De lá para cá, as mulheres foram conquistando seu espaço de trabalho - mas ainda há muito a ser feito, e aAdyen trabalha para promover a equidade de gênero no mercado de trabalho.

O setor de tecnologia foi um mercado que surgiu dominado pelos profissionais homens - mas isso está mudando. Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), as mulheres vêm conquistando seu espaço: em cinco anos, houve umaumento de 60% na presença feminina, de 27,9 mil profissionais para 44,5 mil.

Para marcar oDia Internacional da Mulher, convidamos profissionais da Adyen de diferentes gerações e áreas para compartilhar suas visões sobre os mercados de tecnologia e de pagamentos e sobre o trabalho na empresa. Confira:

Yasmin Silva

Yasmin Silva - jovem aprendiz

As mulheres da minha geração são…extremamente dedicadas e engajadas. Acredito que sejam capazes de realizar qualquer coisa que se propuserem e são extremamente dedicadas ao que fazem.

Atualmente, o mercado de tecnologia e de pagamentos para mulheres…é mais inclusivo. Nos últimos anos, houve um aumento significativo na participação das mulheres nesses setores. É interessante ver que empresas estão reconhecendo a importância de diversificar suas equipes. É reconfortante ver que o mercado de tecnologia está se tornando cada vez mais inclusivo, e as mulheres estão ocupando cada vez mais espaços.

Ser uma profissional mulher e trabalhar na Adyen significa…ser uma profissional que lida com diferentes culturas. Isso favorece cada vez o meu crescimento. Tenho bastante autonomia e sou respeitada e reconhecida por seu trabalho.

Juliana Fernandes

Juliana Fernandes - analista underwriting

As mulheres da minha geração são…fortes. A gente vem de experiências bem distintas, com diversas perspectivas e diferentes oportunidades, e isso nos fortaleceu. Conquistamos muitos espaços e com novos olhares trouxemos mudanças e inovações em diversos setores, e isso mostra o quão grandiosas somos e o quanto ainda podemos alcançar.

Atualmente, o mercado de tecnologia e de pagamentos para mulheres…é uma vitória. A nossa conquista por espaço foi tão significativa que estamos em todos os setores, e o mercado de tecnologia e de pagamentos é um deles. Para mim, em particular, é uma experiência incrível: estou nesse mercado há pouco mais de cinco anos e conquistei muitas melhorias com o time. Além de aprender, pude replicá-las a outras mulheres também. Você pode dar autonomia para que elas possam empreender, ensinando sobre negócios, pagamentos, investimentos e o uso da tecnologia a seu favor. É espetacular vê-las prosperarem e deixarem de ser totalmente dependentes.

Ser uma profissional mulher e trabalhar na Adyen significa…ter uma experiência muito gratificante e desafiadora. É incrível e reconfortante estar em um ambiente onde você de fato é ouvida. Sua opinião, questionamentos, dúvidas e sugestões importam - e são sempre colocadas em prática. Hoje, ainda tenho a oportunidade de estar em um ambiente em que a maior parte da minha equipe são mulheres, incluindo a liderança. Isso também é um dos fatores que faz com que eu me sinta parte desse grande progresso Global. Estamos em todos os cargos e em todos os lugares!

Vanessa Uehara

Vanessa Uehara - team lead, commercial enablement Latam

As mulheres da minha geração são…conquistadoras. Nos últimos anos, as mulheres ganharam muito mais espaço no mercado de trabalho. Acredito que isso se deve ao mérito de muitas mulheres pioneiras, que tiveram capacidade, coragem, inteligência e perseverança para desafiarem o status quo - isso não só no nosso clássico mercado de trabalho empresarial, mas em várias esferas profissionais (artística, intelectual, científica, etc). O que essas mulheres construíram no passado é que permite que, hoje, suas colegas possam atuar e performar dentro dos ambientes, sem necessariamente precisarem adotar padrões que não são naturalmente das mulheres.

Atualmente, o mercado de tecnologia e de pagamentos para mulheres…está em um processo de mudanças, mas ainda há muito a ser feito em termos de inclusão, diversidade e paridade de oportunidades. Eu diria que, entre todas as indústrias, a de tecnologia foi a que mais apresentou novos padrões de liderança, gestão de time e desenvolvimento de iniciativas. Vemos hoje mulheres tocando e liderando grandes empresas de tecnologia, como Sheryl Sandberg, Melanie Perkins, Whitney Wolfe e Cristina Junqueira. Mas eu diria ainda que ainda não é algo natural para nós, mulheres, crescermos em ambientes corporativos, especialmente quando falamos de altas lideranças.Muitas vezes, precisamos performar três ou cinco vezes mais para conseguirmos conquistar cadeiras mais altas.

Ser uma profissional mulher e trabalhar na Adyen significa…estar em contato com a diversidade e a inclusão. Adyen é uma empresa de tecnologia e serviços financeiros que preza muito por isso - vejo temas como esse cada vez mais tendo espaço para serem discutidos. Estar em uma regional que, no ano passado, trouxe visibilidade global para o tema foi muito importante para todos entenderem que a construção de um ambiente diverso e inclusivo é importante para manter o engajamento dos times e trazer melhores resultados. Hoje, temos grandes mulheres na alta liderança que fazem com que toda essa dinâmica seja ainda mais valorizada, e é muito bom poder trabalhar em um ambiente no qual existe esse tipo de referência.

Kerry Mandel

Kerry Mandel - digital marketing specialist

As mulheres da minha geração são…muito dedicadas e estão tentando conquistar o espaço em um Brasil que ainda é bastante machista.

Atualmente, o mercado de tecnologia e de pagamentos para mulheres…é uma indústria que está sendo mudada pelas pessoas, e isso exige muita energia e esforço delas. Muitas mulheres estão sendo colocadas como líderes, VPs e no conselho.

Ser uma profissional mulher e trabalhar na Adyen significa…ver que todos têm oportunidades iguais na empresa, independentemente de gênero.

Silvia Zwi

Silvia Zwi - VP de Recursos Humanos

As mulheres da minha geração são…batalhadoras. Percebo que elas precisaram batalhar em ambientes menos inclusivos e flexíveis do que temos hoje na maioria das empresas. Tomando minha experiência como exemplo, na maioria das vezes, eu era a única mulher nas reuniões e tinha de colocar um esforço extra para ter minhas ideias ouvidas e consideradas. Os malabarismos com as demandas da vida familiar sempre foram o meu cotidiano, e poucas vezes senti empatia nos ambientes onde trabalhava. 

É difícil rotular as mulheres da minha geração, mas afirmo com segurança que não havia espaço para compartilhar vulnerabilidades, o que reforçava uma crença de que as habilidades ditas masculinas precisavam ser incorporadas pelas mulheres. Os conceitos voltados para a inclusão são algo recente, assim como o debate relativo à equidade de gênero. Vejo, contudo, muitas oportunidades de troca entre mulheres de gerações distintas, pois sei que as demandas por alta performance são crescentes e é apenas construindo pontes de confiança que conseguimos crescer.

Atualmente, o mercado de tecnologia e de pagamentos para mulheres…tem inúmeras e diversas oportunidades, pela amplitude e potencial de crescimento dessa indústria. A base da indústria de pagamentos é a tecnologia, sempre aliada à inovação, criatividade, capacidade de construir soluções a partir de diversas perspectivas. Nesse sentido, posso afirmar com segurança que estamos longe de ser um segmento marcado por diferenças de gênero: mais do que nunca, o espaço para mulheres nessa indústria é muito promissor.

Ser uma profissional mulher e trabalhar na Adyen significa…ter apoio e suporte para atuar no melhor da minha capacidade e potencial. É ter liberdade e autonomia para equilibrar as demandas pessoais e profissionais, produzindo resultados para a empresa, conduzindo meu próprio aprendizado e crescendo com o negócio. Ser mulher na Adyen é ser tratada com equidade no que tange oportunidades, enquanto minha individualidade é preservada. Por ser uma empresa que reforça a importância do equilíbrio e bem-estar, a segurança psicológica é muito significativa.

Thais Fischberg

Thais Fischberg, Presidente América Latina

As mulheres da minha geração são…bastante corajosas. As mulheres que iniciaram sua carreira na mesma época que eu compartilharam de desafios parecidos, enfrentando um mercado de trabalho ainda predominantemente masculino. Foi preciso persistência e coragem para diminuir as barreiras de gênero e ocupar nosso espaço. Hoje, não estamos no cenário ideal, mas sinto que houve uma evolução. Em minha trajetória, tenho a sorte de ter trabalhado com mulheres de gerações anteriores a minha, que encontraram um mercado ainda mais desafiador e que nunca desistiram, se tornando líderes exemplares. E ter referências faz toda a diferença nesse caminho. No dia a dia na Adyen espero poder ter esse papel cada vez mais, abrindo espaços, dando voz e inspirando novas gerações a chegarem cada vez mais longe.

Atualmente, o mercado de tecnologia e de pagamentos para mulheres…está em transformação. Atuamos em um dos segmentos que passa por maior disrupção, do ponto de vista de tecnologia, produtos e, porque não, pessoas. Para atendermos um consumidor cada vez mais exigente precisamos nos modernizar, repensar processos e estruturas. Vejo hoje em dia muito mais oportunidades aparecendo, vagas afirmativas e empresas procurando por mulheres para atividades em tecnologia. Isso é um reflexo direto da necessidade dos clientes na ponta e que bom que as empresas começam a entender essa demanda. Percebo as companhias cada vez mais comprometidas a tornar a equidade de gênero uma realidade, e tenho muito orgulho de estar a frente de uma empresa como a Adyen, que, na América Latina, terminou 2022 com um quadro de lideranças equilibrado em 50%.

Ser uma profissional mulher e trabalhar na Adyen significa...ser tratada com respeito e com igualdade. É ter a certeza de que todos temos oportunidades de crescimento independentemente de gênero. Estou na Adyen há um ano e cinco meses, entrei na empresa como VP de Produto e, em janeiro deste ano, assumi como Presidente América Latina. Foi um privilégio para mim e uma grande conquista ser a primeira mulher a estar nesse cargo.




Inscreva-se para receber nossa newsletter

Mande sua solicitação

Eu confirmo ter lido a Política de Privacidade da Adyen e concordo que meus dados sejam utilizados como descreve o documento.