Ver mais

São Paulo · agosto 22, 2018

Primeiros resultados da Adyen após estreia bilionária na bolsa anima investidores

Empresa processou 70 bilhões de euros mundialmente no primeiro semestre de 2018.

Mulher trabalhando em escritório da Adyen

A Adyen, responsável pelos pagamentos de empresas como Magazine Luiza, Dafiti, Uber e 99, anunciou hoje os resultados financeiros do primeiro semestre de 2018, que indicam crescimentos substanciais em valor processado e faturamento. O boletim é o primeiro desde que a empresa estreou na bolsa, em junho deste ano.

A receita líquida do primeiro semestre de 2018 foi de 156,4 milhões de euros, o que representa uma expansão de 67,3% comparado a 2017. Desse total, 48,2 milhões de euros somam o lucro líquido da empresa no período - 74,6% maior do que o mesmo semestre do ano passado.

Entre os números, destaca-se também o valor de 70 bilhões de euros processados globalmente em pagamentos no período, um aumento de 43% comparado ao ano anterior. No Brasil, esse crescimento foi promovido por lançamentos recentes, como processamento de pagamentos com cartões Elo e Amex, a parceria com bandeiras de cartões para o serviço Account Updater e a integração com as carteiras digitais Apple Pay e Samsung Pay.

Em junho, a Adyen anunciou IPO na Bolsa de Valores de Amsterdã. A estreia foi muito bem recebida por investidores e, logo nos primeiros minutos de negociação, os ativos da empresa dispararam mais de 100%, atingindo o valor de 503,90 euros. A companhia vendeu 3,5 milhões de ações em sua oferta, levantando 849 milhões de euros. Com isso, a Adyen atingiu o pico de avaliação de 12,7 bilhões de euros.