Ver mais

São Paulo · May 14th, 2018

Adyen traz solução de pagamentos ponta-a-ponta ao VTEX Day

Além de apresentar inovações pioneiras, fintech discute gestão de e-commerce em painel com gigantes do mercado.

Palco do VTEX Day

A Adyen, responsável pelos pagamentos dos negócios digitais que mais crescem no mundo, marca presença no VTEX Day 2018 com participação de Jean Christian Mies, Vice-Presidente Sênior para a América Latina, em painel de discussão sobre gestão no e-commerce. A empresa também apresentará sua tecnologia de pagamentos ponta-a-ponta, que além de oferecer altas taxas de aprovação e segurança contra a fraude, tem integração rápida e fácil à VTEX e às principais plataformas de e-commerce.

No segundo dia de evento, no dia 15, às 14h, Mies participará do painel Fireside chat: Top 5 principais decisões que funcionam bem e as Top 5 principais decisões que não funcionaram, como mediador de uma discussão sobre gestão no e-commerce. O painel terá a participação de Francisco Donato, CEO e Partner da Brasil/CT; Paulo Naliato, COO da Via Varejo; e André Fatala, CTO da Magazine Luiza e da Luiza Labs.

Em seu lounge, a Adyen apresentará ao público do VTEX Day as soluções pioneiras lançadas durante o último ano no Brasil, como a integração com as carteiras digitais Google Pay™ e Apple Pay, a solução de débito recorrente sem autenticação e o Account Updater, que atualiza automaticamente dados de cartão de crédito de usuários para o e-commerce em caso de roubo, perda e cancelamento, entre outros. Por ser uma empresa de tecnologia em sua origem, a Adyen lança inovações que ajudam a eliminar as barreiras da experiência de pagamento do usuário no e-commerce, com maior velocidade que os adquirentes tradicionais. 

O lounge será o ponto de encontro para quem tem o objetivo de conhecer as soluções de pagamento mais avançadas do mercado, que aumentam a taxa de conversão e gerenciam o risco de fraude baseadas no processamento inteligente de altos volumes de dados. Além disso, quem visitar o espaço terá a oportunidade de realizar um networking de qualidade, em um espaço descontraído, que reunirá os nomes mais importantes do varejo online brasileiro.

“O propósito da Adyen é descomplicar a experiência de compras no e-commerce. Transformamos diariamente a jornada de compra de 50 milhões de brasileiros com nossos serviços”, diz Jean Christian Mies, Vice-Presidente Sênior da Adyen para a América Latina. “Ao oferecer um checkout mais simples para o consumidor, aliado à análise de dados gerada pela nossa plataforma ponta-a-ponta, o e-commerce se beneficia, alcançando maiores taxas de conversão”.

Parceria com Synapcom oferece cobertura ponta-a-ponta ao e-commerce

Atuando em parceria global com a VTEX desde 2016 processando pagamentos da plataforma de e-commerce, a Adyen uniu forças também com a Synapcom para levar uma cobertura ponta-a-ponta para as marcas que decidem investir no e-commerce. As três parceiras se unem para oferecer os serviços de digitalização do varejo, incluindo gestão comercial, pagamento, logística, plataforma e SAC. Entre as empresas que já são atendidas estão Levis, Luigi Bertolli e Loungerie.

O varejo brasileiro está cada vez mais digital. De acordo com o Ebit, para 2018, estima-se que o faturamento do e-commerce apresentará um crescimento de 12%, atingindo um total de R$ 53,5 bilhões. Nesse cenário, levar marcas tão bem estabelecidas do off para o online pode apresentar desafios e necessidades estratégicas que não adaptem o modelo das lojas físicas ao mundo digital. Afinal, o comércio online tem suas próprias regras e demandas - principalmente tecnológicas.

No caso dos pagamentos, quando uma transação é realizada em terminais de ponto de venda, as razões para uma recusa não são, em sua maioria, as mesmas no mundo virtual. Online, há maiores chances de falhas técnicas, ocorrências de fraude e chargeback. 

Por isso, por ser uma empresa de tecnologia, a Synapcom escolheu a Adyen como sua parceira de pagamentos. “As companhias digitais enxergam os pagamentos como um serviço de tecnologia estratégico para os negócios e, agora, o varejo do futuro começa também a assumir essa visão”, finaliza Jean Mies.