Ver mais

São Paulo · November 27th, 2019

Adyen e Google desbloqueiam débito online com Google Pay

Graças à parceria, consumidores poderão cadastrar cartão de débito na carteira digital. Com a novidade, ewallets se tornam acessíveis também à população que não tem acesso a cartões de crédito.

Pessoa realizando pagamento com ewallet Samsung Pay

A Adyen, processadora de pagamentos pioneira na adoção das carteiras digitais no Brasil, se uniu ao Google para integrar a função débito ao Google Pay. Assim, a ewallet passa a aceitar tanto cartões exclusivamente de débito quanto aqueles que possuem também a função crédito, uma novidade desenvolvida especialmente para o mercado brasileiro. Os consumidores já podem testar a novidade ao comprar em websites e apps com aparelhos Android.

Com o novo recurso, as carteiras digitais devem se tornar acessíveis à parcela da população que não possui cartões de crédito. De acordo com o Banco Central, os cartões de débito ativos no Brasil ultrapassam em 13% o número de cartões de crédito. Mesmo assim, dados da Adyen apontam que menos de 15% das compras online são feitas via débito. 

"Até recentemente, as regulações financeiras não eram favoráveis ao uso de cartões de débito no e-commerce brasileiro. Como o dinheiro sai direto da conta do consumidor, os bancos precisam exigir protocolos mais complexos de segurança, com múltiplas etapas de autenticação, o que não interessava aos lojistas", explica Vinícius Nunes, Gerente de Produtos da Adyen para a América Latina. "Mesmo quando o varejista oferecia a opção, as etapas adicionais de confirmação faziam com que o comprador acabasse desistindo e optando por outros métodos de pagamento, como o boleto."

Foram as novas tecnologias de gestão de risco que permitiram descomplicar as compras por débito. Hoje, assim como já acontece com o crédito, as transações via débito são tokenizadas, ou seja, os dados do cartão são substituídos por uma série de números criptografados para completar a transação. Assim, o varejista não precisa lidar com informações sensíveis e tem, consequentemente, menos exposição a malfeitores.

"Estamos sempre pensando em como podemos melhorar a vida das pessoas com os nossos produtos, tornando-os mais acessíveis e inclusivos para todos os tipos de usuários. Hoje, demos mais um passo nesse compromisso na área de pagamentos", diz Felipe Cunha, Head de Parcerias Google Pay para a América Latina. "Temos certeza que este é mais um passo importante na longa jornada de inclusão digital e financeira dos brasileiros que não têm acesso a cartão de crédito e que, agora, passam a ter uma experiência mais simples e fácil com o débito on-line."