Centro de conhecimento
Cultura

Minha experiência de começar a trabalhar remotamente na Adyen

María Fernanda Reyes se uniu à nossa equipe de gestão de contas do México durante a quarentena. Aqui, ela relata como foi conhecer toda uma equipe remotamente, e dá dicas para quem estiver passando pela mesma situação.

26 agosto, 2020
 ·  5 minutos
Minha experiência de começar a trabalhar remotamente na Adyen

Compartilhar

Eu amo montar quebra-cabeças, sempre amei. Tem a ver com saber que, apesar daquela ansiedade inicial de ver todas as peças espalhadas em cima da mesa,a imagem inteira está ali.Minha experiência com o onboarding remoto da Adyen me deu um sentimento similar, e eu sabia que - assim como para montar um quebra-cabeça - só o que eu precisaria seria dedicação e paciência.

O processo de recrutamento foi relativamente longo: cinco entrevistas com diferentes pessoas da empresa, incluindo um membro da diretoria. Mas ficou claro para mim como o fit cultural é mais valorizado do que qualquer outra habilidade técnica ou experiência com pagamentos - coisas que eu definitivamente não tinha.

E o processo funciona: apesar de meus colegas terem backgrounds diferentes, com uma variedade de culturas, idiomas e idades, nós todos parecemos ter uma opinião parecida sobre o que precisa ser feito. 

É claro que existem pontos de vistas diferentes, mas isso só torna nossas discussões mais enriquecedoras.

É verdade que não poder conhecer todo mundo do escritório do México, ou ter a chance de ver pessoalmente meu gerente em São Paulo poderia me desestimular em uma empresa tradicional,mas a Adyen estava pronta para se adaptar às novas circunstâncias.

O material de integração já estava disponível online e era super completo e atualizado. A configuração de tecnologia e segurança foi tranquila e descomplicada. Em duas horas eu já pude começar a navegar pelo portal interno da empresa para descobrir mais sobre o trabalho.

Assim que eu ativei meu email, recebi as boas-vindas calorosas do meu gerente, junto com com uma lista de pessoas que seria legal conhecer. Isso me deu uma direção em termos de onde colocar minha energia. E rapidamente percebi que todas essas interações iniciais tinham algo em comum: uma curiosidade mútua nas histórias e experiências do outro. A partir daí, mais convites surgiram e novas conexões começaram a ser criadas

Esse foi o ponto mais importante do onboarding online: como as pessoas se importaram.

O quebra-cabeça que a princípio parecia abstrato começou a tomar forma.Todos me tranquilizavam, me aconselhando a não me preocupar nem me frustrar pela complexidade do cenário de pagamentos (ainda mais no México).

Sempre me deram uma mão quando precisei, garantindo que eu estivesse em todas reuniões em que pudesse aprender algo. Em poucos dias eu já estava conversando com colegas de Amsterdã, São Paulo e Madri, e já tinha tido diversas oportunidades de falar com membros da diretoria.

Três meses depois, eu ainda fico impressionada com a consistência de uma força central: a fórmula, que funciona como um guia para a forma como trabalhamos. Ela aparece ao menos uma ou duas vezes por dia, sendo citada por alguém ou presente indiretamente no jeito de trabalhar de uma pessoa ou equipe.

É como um lembrete diário de que eu aterrissei no lugar certo, com as pessoas certas. Esse lugar é, como disse o nosso CEO em um dos fóruns que participamos juntos, "um lugar seguro para pessoas deslocadas e brilhantes".

Eu sou grata pelo número de pessoas que entraram em contato comigo de diferentes lugares do mundo e por quão receptivo cada Adyener foi. Eles parecem se sentir um pouco responsáveis pela falta de interação, mas as suas palavras gentis, sorrisos espontâneos e convites frequentes fizeram toda a diferença para que eu não me sentisse fora do ritmo ou desconectada da empresa.

Começar um trabalho novo foi como montar um quebra-cabeça de olhos fechados: não sabia exatamente por onde começar, não tinha certeza sobre o que deveria ser considerado uma informação importante e precisei entender informações pontuais conforme elas apareciam.

Não foi fácil conseguir conectar as peças do jogo sem os insights que vêm com as conversas de corredor, corriqueiras de uma rotina de escritório. De nunca ter trabalhado com um sistema operacional que não fosse PC, a falar em inglês durante o dia inteiro e ser incluída em um grupo de WhatsApp em português, tudo isso enquanto tentava entender a terminologia da indústria... A curva de aprendizado teve muito mais altos e baixos do que eu esperava.

No entanto, eu encontrei um conforto em um pilar específico da fórmula: "Nós lançamos rapidamente e fazemos melhorias constantes." Imagino que esse princípio era originalmente destinado aos desenvolvedores, mas como parte do time comercial da empresa, para mim a mensagem é:faça o que você puder com o que você tem. Se houver chance de melhora, nós confiamos em você para implementá-la.

Para o Adyener experiente, obrigada por entrar em contato, por ter investido tempo em me explicar coisas remotamente e pela paciência. E também por viver a fórmula de um jeito que fez com que eu me sentisse em casa.

E para todos os novos Adyeners lendo isso, eu não tenho respostas definitivas para você. Só o que posso te contar é o que conclui por mim:o processo de recrutamento funciona, confie nele. Se você está aqui, é porque você é capaz. Faça perguntas, entre em todas as reuniões que puder, tire vantagem do fato de que clientes de outros continentes estão a apenas uma ligação de distância, e confie em você mesmo e em suas habilidades. Você vai estar perguntando, entendendo e respondendo perguntas muito complexas antes do que imagina.

A estrada é esburacada, não dá para abaixar a guarda. Eu percebo o quanto ainda tenho a aprender, mas mal posso esperar para olhar para trás daqui dois anos e saber que fiz o meu melhor com essas circunstâncias excepcionais. Espero que eu esteja mais perto de completar meu quebra-cabeça, que por enquanto ainda está organizado em peças de cores similares, aqui e ali.

Quer conhecer outras histórias nada óbvias sobre o jeito Adyen de trabalhar? Acesse nossaspáginas de carreira.




Inscreva-se para receber nossa newsletter

Mande sua solicitação

Eu confirmo ter lido a Política de Privacidade da Adyen e concordo que meus dados sejam utilizados como descreve o documento.