Centro de conhecimento
Guias e relatórios

Economia da recorrência: tudo o que você precisa saber

As cobranças recorrentes são estratégia de empresas que apostam em melhorar a experiência do cliente para fidelizá-lo. Mas será que qualquer companhia está apta a adotar esse modelo de negócios?

11 abril, 2019
 ·  2 minutos
Economia da recorrência: tudo o que você precisa saber

Você já parou para pensar em como o mundo está em constante transformação? Em como as coisas mudaram desde que você nasceu, que os costumes já são não os mesmos e, muitas vezes, nem nos damos conta disso.

É muito raro quem ainda compra CD, é praticamente impossível alugar filmes, tudo isso, porque os costumes mudaram e aeconomia da recorrênciaé uma das responsáveis por isso.

Hoje em dia, as pessoas pagam de forma recorrente por acesso, acesso a plataforma de streaming de música e filme, acesso para usar um software. É uma transformação da relação comercial entre consumidor e empresas, é a compra de experiências, consumo de acesso e não de propriedade.

Contratos burocráticos, multas, carências e afins não combinam com uma boa experiência. O que fideliza um cliente é a excelência no serviço e isso engloba tudo. Desde o que de fato foi escolhido para o consumo, até o pagamento, toda a jornada deve ser encantadora.

Grandes empresas já apostam na economia da recorrência e ganham mais e mais espaço no mercado a cada dia que passa, Spotify e Netflix são grandes exemplos. A Vindi fez um estudo completo sobrecomo a recorrência transformou grandes empresase levantou mais cases bacanas sobre o modelo.

Mas, por que os grandes cases utilizam a recorrência como modelo de negócios?

Todo negócio pode cobrar via recorrência?

É uma pergunta constante, mas quase todo negócio pode usar a recorrência para cobrar os clientes.

É comum empresas como SaaS (Software as a Service) e clubes de assinatura cobrarem neste modelo. Mas o varejo também pode utilizar esse tipo de cobrança, basta apenas estudar e conhecer seu cliente, entender o que ele compra todos os meses e criar uma fidelidade.

No setor da saúde, muitas pessoas não possuem assistência médica e resolvem pagar por um exame, neste momento, a recorrência entra para não consumir todo o limite do cartão do paciente e apenas descontar as parcelas mensalmente, já que os exames costumam ser muito caros.

Antigamente, as funerárias costumavam ter muitos clientes inadimplentes, por conta de cobrar via carnê, com o modelo de assinatura, foi muito mais fácil recuperar o público e até efetuar novas vendas.

Com uma boa análise, o seu negócio também consegue cobrar via recorrência e descobrir todos os benefícios deste modelo que ajuda empresas a vender sempre.

*Artigo escrito por Rodrigo Dantas, CEO da Vindi.




Inscreva-se para receber nossa newsletter

Mande sua solicitação

Eu confirmo ter lido a Política de Privacidade da Adyen e concordo que meus dados sejam utilizados como descreve o documento.