Terminais de pagamento inteligentes: a chave para integrar loja e ecommerce

Pesquisa mostra que seis em cada 10 consumidores omnichannel ainda preferem comprar na loja. Entenda como o varejo físico precisa se transformar para participar da transformação digital.

Pode esquecer tudo o que você já ouviu falar sobre competição entre canais de venda offline e online de um mesmo negócio. O consumidor omnichannel, aquele que frequenta tanto a loja quanto o ecommerce, é o que compra mais.

Essa é uma das conclusões do Unified Commerce Index, estudo baseado nas transações processadas pela Adyen no mundo inteiro.

O cliente multicanal compra do mesmo varejista, em média, 4 vezes por ano - o dobro de quem se vale de um único canal - e gasta 30% a mais.

Pensar na estratégia de maneira unificada melhora a experiência e a taxa de fidelização dos consumidores, mas pode ser trabalhoso para quem está do outro lado do balcão. Como fazer com que os varejistas ganhem mais dinheiro na loja e online, sem dor de cabeça para integrar os diferentes canais?

Tecnologia para lucrar mais, com menos trabalho

Informações dos clientes, fluxo de caixa, relatórios de desempenho, conciliação, fornecedores... Se parece complicado, imagine gerir tudo isso em dobro, uma vez para o varejo físico e outra para o digital. Além de mais trabalho, essa segregação significa também mais gastos para manter equipes e sistemas distintos.

Esse problema é solucionado com terminais inteligentes conectados à API de terminais da Adyen, que trazem um ganho enorme de eficiência para a operação ao fornecer um panorama completo com dados gerados em todos os canais, localidades e etapas da jornada de compra. Tudo na mesma plataforma, com varejo físico e digital.

A integração dos meios de pagamento com softwares de gestão é essencial. Ela se soma a recursos como atualização automática e remota para as mais atuais versões das aplicações de pagamentos e a possibilidade de operar offline como backup.

A chamada API de terminais também proporciona independência do tradicional TEF (Transferência Eletrônica de Fundos), sistema tradicionalmente utilizado no varejo físico que impede qualquer integração com o mundo digital.

“Até então, o TEF era a única solução disponível no mercado que permitia vendas integradas com softwares de automação comercial", diz Túlio Gambogi, Head de Adquirência e Parcerias da Adyen para América Latina. "Agora, contudo, a Adyen traz a primeira alternativa de terminais integrados à nuvem. Sem limitações tecnológicas, nossa proposta agrega equipamento de ponta e suporte completo para os clientes venderem mais, independente do canal de vendas.”

Muito além das "maquininhas": a estratégia Unified Commerce

O terminal de pagamento não precisa se limitar a uma máquina que aceita cartões de débito ou crédito. Com a tecnologia certa, o dispositivo pode se transformar também em um elo entre os mundos físico e digital, permitindo reconhecer e tratar o cliente de maneira uniforme, independente do canal escolhido por ele.

A tecnologia de tokenização, por exemplo, salva os dados do cartão do consumidor com segurança desde a primeira compra, seja no ecommerce ou no terminal. Assim, torna-se possível identificar o cliente em futuras interações e oferecer experiências personalizadas, como compras em um clique e ofertas customizadas de acordo com o histórico de transações.

Essa é a transformação proposta pela estratégia de Unified Commerce: unificar toda a jornada de compra no consumidor e colocá-lo no centro do planejamento estratégico com o objetivo de oferecer-lhe sempre a melhor experiência.

Outro diferencial que se torna possível com a tecnologia são as "prateleiras infinitas", ou “endless aisles”, em inglês. Isso significa que o consumidor nunca mais sairá frustrado da loja ao descobrir que o produto que queria não está disponível -- e que o varejista não perderá vendas por isso também. Afinal, ao integrar informações do estoque e de toda a operação online e offline, é possível comprar itens no ecommerce de dentro da loja.

O varejista consegue também deixar que seus clientes comprem online e retirem ou devolvam o item em qualquer unidade, e vice-versa. O conceito principal é praticidade.

Experiência de compra sob medida

Para o consumidor, a tecnologia dos novos terminais de pagamento traz a liberdade para escolher como interagir com a marca de sua própria maneira.

Em termos práticos, isso significa também decidir como pagar, já que além de cartões de crédito e débito, os dispositivos aceitam carteiras digitais como Google Pay, Apple Pay e Samsung Pay, sem necessidade de configuração adicional. Esse tipo de transação mobile cresceu 400% nas lojas contra 40% em ecommerces, também de acordo com o Unified Commerce Index da Adyen.

A tecnologia também derruba qualquer barreira geográfica, linguísticas ou de moeda. Torna-se possível realizar transações no própria idioma, em qualquer lugar do mundo, além de visualizar mensagens e ofertas direto no terminal.

Outra vantagem é a personalização da tela e dos recibos com imagens e logo da marca, detalhe que ainda ajuda a combater fraudes relacionadas a roubo e troca de terminais, problema comum no Brasil.

A Adyen traz ao Brasil dois modelos inéditos de terminais de pagamentos, já aprovados por algumas das principais marcas do mundo. Com eles, é fácil integrar de forma eficiente as jornadas de compra no varejo físico e online.

Fale com a gente agora e conheça a novidade.


Registre-se para receber nossa newsletter

Concordo que a Adyen me envie newsletters com atualizações sobre a empresa e o setor de pagamentos, nossos parceiros e clientes, nossos produtos e serviços; e novos recursos e lançamentos. Ao enviar este formulário, você reconhece ter lido os termos de nossa Declaração de Privacidade  e autoriza a utilização dos dados de acordo com eles.


Are you looking for test card numbers?

Would you like to contact support?

Start searching the Adyen website...

  Website